Menu

Fotos

Blog

Interactivo








letras
28Ago2007 00:00:00
Publicado por:

Sou o eclodir das letras
Numa pauta de musica
Onde tu não entras
Nem a tua presença fica.
Tu és o esquecimento
Que reveste o meu momento
És o terno partir
Que deixou no meu olhar
Vontade de ir
E não voltar!
És os pedaços fragmentados
De uma canção que um dia quis tocar
Mas hoje os estilhaços
Cortam a minha vontade de cantar
E tu apenas existes no mais longínquo pensamento
Onde tu és apenas momento
Em que as letras abrem os olhos
E voam ao som dos primeiros pedaços de luz?

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (883)

Nada
18Ago2007 00:00:00
Publicado por:
Na extensão do nada o que somos?
Não mais que a pequenez que nos reveste a pele
E o pouco sangue que nos cobre as veias.
Meia dúzia de pensamentos
E um corpo coberto de sentimentos.

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (866)

Carne
13Ago2007 00:00:00
Publicado por:
A carne é fraca
A vida por vezes, dura,
Deixa marca
No coração que não a fura?
Inconstante no seu caminho
Faz de nós reféns do seu capricho
Vivemos inebriados pelo vinho
Deitados no nosso nicho.
Deixamos tanta vez o mundo passar
Pelo medo de o agarrar
De ele morder
E a alma sofrer?
A fragilidade do ser humano
É como rasgar um simples pano
Só pára de romper
Quando chega ao limite das costuras
Aí ou cai da mais alta das alturas,
Ou o medo deixa de vencer?
É tempo de enfrentar paredes
E vencer ansiedades
Tempo de sonhar verdades
De ter tudo o que pedes?
Deseja com o coração
E vive com tudo o que tens, sem ilusão?

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (828)

Sou real
11Ago2007 17:20:00
Publicado por:





Por vezes olho as minhas mãos,
Tudo parece ser lógico
Mas tão irreal.
Tenho de me magoar,
Para saber que existo
Que não sou trabalho de ilusões
Para saber que não sou ilusório!
Tenho medo de ser banal,
Fruto da imaginação…
Por vezes parece ser tão verdadeira.
Não quero ser apenas um pedaço de madeira
Que se desgasta até aos anéis.
Tudo é passageiro
Esta sensação de delírio
Que me faz pensar que já vivi tudo isto
E me faz repensar o passado procurando o futuro nele
Mas lá só ficaram as desamarradas raízes
Que se prendem completamente ao passado
 Para que ao puxa-las me recordem a fragilidade do momento…
Olho para as minhas mãos
Tento ver a minha existência
Mas tudo o que vejo e uma pequena enorme duvida
Serei real ou a imagem reflectida
Qual imagem em águas limpas
Será que existo ou sou apenas reflexo do meu ser?



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (2503)


1 a 4 de 4 Primeiro | Anterior | Seguinte | Último |